Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Mês do Empreendedorismo- US Start-UP Wekeend

O mês do Empreendedorismo culminou hoje, com a I Edição do US Start-up Weekend, no qual foram apresentados 13 Projetos de Negócios, em várias áreas como Saúde, Tecnologias, Agronegócio, Turismo e várias outras empresas do primeiro, segundo e terceiro sector da economia, elaborados por alunos da Universidade de Santiago, Campus de Bolanha e da Praia.

 As ideias foram exibidas com a apreciação dos alunos, dos professores da US, Adilson Monteiro, Diretor da Casa do Empreendedor, Nardi Sousa, Chefe do Departamento de Ciências Económicas Empresariais, José Luís Mascarenhas, Administrador da SCC, Sandra Fernandes, Coordenadora Jov@emprego da Antena Santiago Norte, e do Técnico de Emprego, Estágio Profissional e Empreendedorismo do IEFP de Assomada, Antonino Semedo. Os projectos serão acompanhados pela Casa do Empreendedor da US para seguimento e submissão a potenciais financiadores nacionais e internacionais.    

Curso de Enfermagem da Universidade de Santiago realiza conversa aberta sobre a prevenção do vírus HIV

No âmbito da comemoração do dia Mundial de Luta Contra o HIV/SIDA, assinalado no dia 1 de Dezembro, o Departamento de Ciências da Saúde, Ambiente e Tecnologias da Universidade de Santiago, realizou, hoje, na Escola Técnica Grão Duque Henri, uma conversa aberta com os alunos, no sentido de partilhar informações e sensibilizar na utilização de métodos contraceptivos.

 Realizaram um conjunto de atividades como teatro sobre HIV, com o tema “Uma Realidade muito Próxima”, Exposição de Maquetes, Apresentação de um Concurso, com o Tema “Desvendando Enigmas”, Bancas Informativas, Distribuições de Folhetos de Métodos Contraceptivos, fazendo demostrações de como se podem utilizar.

Para o Professor Michel da Veiga, o evento teve uma aderência satisfatória por parte dos alunos, visto que a atividade teve como objetivo crucial proteger a saúde.

Janine Rosa, Psicóloga e Coordenadora do Espaço de Orientação Escolar Vocacional da Escola Técnica Grão Duque Henri de Assomada, realçou que “senti-me muito grata pelo que a Universidade fez, teve muita adesão por parte dos alunos e espero que os adolescentes consigam aproveitar esta conversa, e levar para casa atitudes positivas para que possamos trabalhar comportamentos saudáveis no dia-a-dia”.

Encontro US comunidades- “Articulação e execução do Programa US Comunidades”

Membros da comunidade académica da Universidade de Santiago estiveram num encontro com potenciais parceiros locais para o lançamento do programa para a próxima edição de US Comunidades, que vai ser realizado de 9 a 15 do mês de dezembro. O objetivo do encontro foi dar a conhecer o projeto para as atividades do US Comunidades e preparar, juntamente com organizações e instituições locais, o programa para a próxima edição.

A primeira edição do US Comunidades foi realizada em março de 2013. A Universidade de Santiago decidiu regressar de novo a Ribeira da Barca, com o lema “Regresso às origens”.

No encontro, foram destacadas uma série de propostas para o programa do US Comunidades. O diretor do Agrupamento V de Ribeira da Barca, Osvaldino da Moura, realçou que realizar esta atividade na localidade vai trazer mais-valias para a integridade educacional e social da zona, uma vez que pode ser realizado junto da comunidade.

Teles Fernandes, Secretário Executivo do Centro de Extensão da Universidade de Santiago, afirmou que “o encontro foi muito importante porque, juntos, a direção da Universidade vai colher subsídios ligados de atores locais e fazer uma boa edição do US Comunidades na Ribeira da Barca, realizando um programa que irá responder às necessidades da comunidade”.

O encontro ainda contou com a presença da representante do Jardim Rosy-Mar, Dilza Barradas, o presidente da Associação de Pescadores e Peixeiras de Ribeira da Barca, José Rui Oliveira e representantes de outras organizações locais.

Oficina do Território - Estratégias e ações e valorização territorial: da região ao espaço urbano

No âmbito da preparação do Mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento Local, a Universidade de Santiago organizou, no Campus da Praia, uma oficina sobre Territórios e Políticas Públicas.

Este evento teve como principal objetivo fazer uma reflexão partilhada sobre os desafios da territorialização das políticas públicas e da ação estratégica descentralizada.

O debate esteve a volta do tema “Territorialização das Políticas Públicas e Estratégias Colaborativas de Base Territorial", que esteve a cargo do professor Fernando Nogueira. Durante a sua apresentação, o professor apontou algumas estratégias de valorização territorial, como, por exemplo, o recurso à escala regional e o uso do espaço público para reconstruir comunidades.

Fez-se uma reflexão conjunta sobre resultados e possibilidades de sinergias de iniciativas relevantes em curso, na qual a Dra. Francisca Santos falou do “Desenvolvimento Municipal” e a Dra. Susana Alfama apresentou o tema “Construído cidades seguras e sustentáveis, desafio de todos e de cada um”.

 De salientar que a oficina contou com candidatos a mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento Local e com alguns profissionais das Câmaras Municipais da ilha de Santiago.

Os candidatos a mestrado nesta área engrandeceram o evento assegurando que foi uma forma de preparação para o mestrado.

 

Andreia Pereira

Universidade de Santiago acolhe alunas do Instituto Politécnico de Leiria para o estágio curricular

Duas alunas do 4º ano do curso de Nutrição e Dietética do Instituto Politécnico de Leiria (IPL), Heliane Gomes e Teresa Vila Lobos encontram-se na Universidade de Santiago (US) para o estágio curricular na área da Nutrição Comunitária sob a supervisão do docente Ricardo Mendes.

De 4 de novembro a 17 de dezembro as alunas estarão executando atividades em Nutrição Comunitária no Centro de Saúde de São Salvador do Mundo-Picos e na US juntamente com alunos dos cursos de Nutrição e Qualidade Alimentar e Enfermagem.

De acordo com uma das alunas Heliane a escolha de Cabo Verde deve-se ao fato de ser um país de língua oficial portuguesa e por ser antiga colónia, mas, também, “pelo local pelo clima, porque não queremos algo como o ERASMUS que existe no IPL, por ser perto de Portugal e também, queremos fazer um estágio que fosse fora do continente europeu”, declarou.

Sobre a escolha da US a aluna assegurou que escolheram a US pelo fato de ter uma parceria com o IPL, “há uma ponte de contatos, assim é possível estabelecer o estágio, conhecer a vossa cultura e a vossa diversidade.”.

Questionada sobre as expetativas para as seis semanas do estágio Heliane respondeu “é nós podermos desenvolver todo o tipo de atividades possíveis, principalmente, na área da Nutrição Comunitária, mas, também, podermos intercalar nas outras áreas tal como a alimentação coletiva e restauração, podermos, também, fazer uma equipa de multidisciplinaridade com o curso de Enfermagem, que conhecemos hoje. Enfim, enriquecermos os nossos conhecimentos e trocarmos experiências tanto a nível pessoal como a nível profissional”.

De salientar que a US vem recebendo desde o ano passado, alunos do IPL para o estágio na área de Nutrição.

Andreia Pereira

Download Template Joomla 3.0 free theme.