Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Universidade de Santiago recebe visita da Secretária de Estado do Ensino Superior

A Universidade de Santiago recebeu, esta quinta-feira, 11, a visita da Secretária de Estado do Ensino Superior. No decurso da mesma, proferiu uma conferência intitulada "O futuro que queremos depende de todos nós". O evento decorreu no Campus de Bolanha, com transmissão online, em torno da ideia de que o futuro que nós desejamos depende de nós.

Isto significa que os estudantes devem estudar, mas também planificar o futuro, para poderem fazer boas escolhas, poderem aproveitar o tempo da melhor maneira para o fortalecimento das competências científicas, linguísticas e tecnológicas, de modo a dar o melhor contributo possível para a sociedade cabo-verdiana, assegurou Eurídice Monteiro.

Monteiro disse que foi uma conversa muito importante, pois, ajuda a partilhar as informações que têm a ver com o ensino superior e motivar os jovens em relação à sua responsabilidade na tomada de decisão pessoal, que também tem impacto coletivo.

 O que se pretende para o futuro, deve ser planificado hoje: “as nossas ações de hoje determinarão o nosso futuro”. Portanto, é importante que todos assumam sua responsabilidade na construção do futuro. Não só os que estão nas instituições de ensino superior como estudantes ou como dirigentes, mas também os que estão nas instituições governamentais, disse aquela dirigente, acrescentando que “todos somos úteis e importantes, e o ensino superior é determinante na formação do capital humano e do futuro que desejamos pra o nosso pequeno país que é grande.”

Questionada sobre como é que os jovens do século XXI podem projetar o futuro, Monteiro respondeu que “o futuro é aberto, mas que o que se pretende, deve-se construir hoje”, lembrando que as ferramentas que se tem hoje são diferentes das que outras gerações tiveram. Os jovens de hoje podem-se preparar e, nessa preparação, o ideal é que se trabalhem as competências para a competição global. “Já não é apenas competição das nossas comunidades, da nossa ilha, do nosso país: trata-se de uma competição global”, disse.

Por sua vez, o Reitor na Universidade de Santiago, Gabriel Fernandes, afirmou que a US assume o princípio da indissociabilidade entre o ensino, a pesquisa e a extensão, e considera a educação como um setor que deve ser abrangente e holístico. “A educação é uma ferramenta de mobilidade e ascensão social, de superação da pobreza, de indução do desenvolvimento e de emancipação do sujeito. Mas isso só pode ser feito com segurança e de forma consequente, se os alunos e a comunidade académica inteirarem-se de tudo e poderem ter a noção clara daquilo que é Cabo Verde, dos desafios mundiais e daquilo que se nos impõe fazer”.

Fernandes assegurou que a US realiza estas conferências com o intuito de garantir que os estudantes e toda a comunidade académica estejam habilitados a assumir a sua cidadania mundial, a participar ativamente no desenvolvimento e a desenvolver competências para a sua inserção sociolaboral.

São atividades de partilha, de troca de experiências, mas também de testemunho. E a Secretária de Estado do Ensino Superior vem nesse âmbito: de ser uma referência, de “apresentar pontos referenciais de ação e de conduta, para termos melhores cidadãos e profissionais”, garantiu.

A visita culminou com um encontro de trabalho e uma visita guiada pelo Campus da Universidade.

 

Andreia Pereira

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Newsletter

Cadastre o seu E-mail e receba as nossas novidades.

Contactos

Está em... Home Notícias e Eventos Universidade de Santiago recebe visita da Secretária de Estado do Ensino Superior