Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Saúde Mental e Comunitária é o novo curso de mestrado da Universidade de Santiago

A Universidade de Santiago (US) abriu o novo curso de mestrado em SAÚDE MENTAL E COMUNITÁRIA (MSMC) para este ano letivo, pelo que, já pode fazer a sua inscrição nos dois campi ou online.

     O MSMC tem como eixos fundamentais a orientação científica, a orientação pedagógica, a prática clínica e atividades de extensão universitária, e objetiva a formação de profissionais das áreas da saúde e social capazes de refletir sobre a sua realidade de atuação e propor mudanças executáveis. Dentre os vários objetivos deste curso, destacamos a formação de profissionais que, no âmbito das suas competências, sejam detentores de:

a) Conhecimento e capacidade de compreensão da saúde mental, a um nível aprofundado, e da pessoa com doença mental, família, grupo e comunidade que constituam a base para o desenvolvimento e/ou aplicações originais, incluindo o contexto de investigação;

 

b) Capacidade para aplicar conhecimentos, compreender e resolver problemas em situações novas e não familiares, em contextos multidisciplinares de saúde mental;

 

c) Capacidade para integrar conhecimentos, lidar com questões complexas, desenvolver soluções ou emitir juízos em situações de informação limitada/incompleta, incluindo reflexões sobre as implicações e responsabilidades éticas e sociais;

 

d) Desenvolver uma visão sistémica do funcionamento familiar percecionando-o como um processo de coevolução transformativa entre sistemas e contextos;

 

e) Adquirir conhecimentos que potenciem a capacidade na tomada de decisão no processo de avaliação e intervenção familiar;

 

f) Prestar cuidados específicos nas diferentes fases do ciclo de vida da família ao nível da prevenção primária, secundária e terciária;

 

g) Capacidade para comunicar as suas conclusões, os conhecimentos e os raciocínios a elas subjacentes, de uma forma clara e sem ambiguidades;

 

h) Promover a capacidade de tomada de decisões éticas;

 

i) Estimular processos de mudança e inovação à luz do conhecimento científico e da investigação.

O curso está estruturado para 2 anos, em 4 semestres, com uma carga horária total de 3.240 horas totais (sendo 1.070 de contacto e 2.170 de trabalho autónomo). As horas de contacto são distribuídas da seguinte forma: 455 horas letivas e 640 horas de conhecimentos técnicos, adquiridos em diferentes contextos de trabalho relacionados à atenção mental e comunitária (ensinos clínicos).

   A saúde mental é muito mais do que a ausência de doença mental. Ela envolve um estado de bem-estar em que o indivíduo reconhece as suas capacidades, consegue lidar com as situações de tensão da vida quotidiana, trabalha de forma produtiva e contribui para o bem-estar da comunidade. A nível mundial, quatrocentos e cinquenta milhões de pessoas são portadoras de um distúrbio mental ou de comportamento e cerca de um milhão suicidam-se anualmente. A depressão, a dependência do álcool, a esquizofrenia e os distúrbios bipolares estão entre as 10 maiores causas de incapacidade no mundo contemporâneo. Apesar da existência de tratamentos cuja efetividade está confirmada, estes não estão acessíveis para a maior parte das pessoas com problemas de saúde mental. Muitos dos recursos existentes são desperdiçados em intervenções ineficazes, ineficientes e inefetivas.

Além deste novo curso, a US, disponibiliza mestrados em:

-Ciências Empresariais;

- Enfermagem em Saúde Materno-Infantil;

- Gestão de Recursos Humanos;

-Pedagogia;

-Políticas Públicas e Desenvolvimento Local;

- Português com Língua Segunda;

Pelo que as inscrições também podem ser feitas nos dois campi ou pelo seguinte link: https://forms.gle/GpNcV9hZ6mjzNdyN9

Para os que vivem fora de Cabo Verde, as inscrições podem ser feitas nos seguintes links:

 

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Newsletter

Cadastre o seu E-mail e receba as nossas novidades.

Contactos

Está em... Home Notícias e Eventos Saúde Mental e Comunitária é o novo curso de mestrado da Universidade de Santiago