Universidade de Santiago inaugura sala de vacinação contra Covid-19

A Universidade de Santiago (US), em parceria com a Delegacia de Saúde de Santa Catarina,  inaugurou nesta sexta-feira, 28, a Sala de vacinação contra a Covid-19, nas instalações da US.
 
A inauguração, que teve início por volta das 11h, contou  com a presença  dos membros da Reitoria, Ministro da Saúde, Proteção  Civil,  Delegada de Saúde de Santa Catarina, Diretor da Região Sanitária de Santiago Norte, bem como a Presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina e a sua equipa.
 
 
Segundo a Chefe  do Departamento de Ciências da Saúde, Ambiente e Tecnologias, Marcília  Fernandes, a criação da sala de vacinação  é um passo importante  da Universidade de Santiago na luta contra  a Covid-19.
 
"A criação  da sala de vacinação  é um compromisso da US na luta contra a Covid-19. A ideia  surgiu  com as estruturas sanitárias de Santiago Norte, nomeadamente a Delegacia de saúde de Santa Catarina  e a Região Sanitária de Santiago Norte", disse.
 
De acordo com aquela dirigente, além  de ser um compromisso  da instituição  é uma forma de sensibilizar  a comunidade estudantil sobre a importância  da vacinação.
 
Segundo a mesma, a US tem uma relação  de parceria  muito  marcante com a Região  Sanitária de Santiago Norte, em especial  a Delegacia  de Saúde de Santa Catarina. 
 
"A Universidade de Santiago  tem tido  uma relação muito marcante com a Região  Sanitária Santiago  Norte  em especial  a Delegacia  de Saúde de Santa  Catarina. Esta  ação que é a montagem  da sala é mais uma prova. Além disso, a Universidade lançou a campanha "US em vacinação" promovendo  o processo  de vacinação dentro do Campus e com a criação  da sala dentro  da instituição será um estímulo para os alunos. O ideal mesmo seria se todos já estivessem vacinados com a segunda dose no início deste ano letivo", reforça.
 
Marcília Fernandes conta que a parceria  entre  a Universidade de Santiago  e o Ministério da Saúde já  vem desde 2017, quando foi aberta  a primeira  turma  de Complemento  em Enfermagem. 
 
A Delegada da Saúde de Santa Catarina, Elisângela Tavares, por seu turno agradece o apoio que tem recebido de todos os parceiros assegurando que "temos trabalhado em conjunto e todos na mesma linha de promover a vacinação e de fazer chegar a comunidade essa desmistificação sobre as informações que tem chegado. Já se sente a diferença, esta última resolução também já se faz notar, aumentámos o número de atendimento dos profissionais que estão nos serviços de estado, sobretudo dos serviços de educação. Este posto é muito estratégico, conversamos muito sobre isso e finalmente conseguimos concretizar e agradecemos  ao Senhor Ministro pela resposta que chega em bom momento."
 
Por sua vez, o Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, fala da facilidade que essa sala trás para os estudantes e comunidade em geral.
 
"Acho muito bom ter um posto de vacinação aqui na Universidade, facilita os alunos com mais de 18 anos e os professores, apesar de que  a taxa de vacinação nos professores tem aumentado. Não  só facilita professores e alunos mas, também, todos os que trabalham com a educação", disse.
 
Segundo  o Ministro, na primeira semana do mês de setembro a taxa  de vacinação poderá estar nas 70% na média  nacional.
 
De salientar que as pessoas já podem tomar a 2ª dose da vacina no novo posto montado na Universidade de Santiago.
 
 
Jair Furtado