Confira os principais acontecimentos que marcaram o segundo dia da Semana Académica

O segundo dia da Semana Académica da Universidade de Santiago, sob o lema “(Re)encontro com o outro: crescimentos partilhados”, foi marcado por um conjunto de atividades entre debates e formações.

Às 8:30, a coordenação do curso de Engenharia Informática promoveu uma formação prática, denominada "Formação em R”, que ficou sob a responsabilidade do professor Robert Sousa.

Já às 10:30, sob a moderação da jornalista e professora Ilda Fortes, houve "Cabo Verde em debate", debate esse que ficou a cargo do Doutor  Artur Correia, onde abordaram-se temas relacionados com a saúde e, sobretudo, com a pandemia da covid-19.

Já no período da tarde, por volta das 14:30, o Departamento de Ciências da Saúde, Ambiente e Tecnologia  promoveu os "Cuidados de saúde em tempos de pandemia", com os seguintes temas: 1) “Nutrição em tempos de pandemia”, que foi tratada pela Dra. Alzerina Monteiro, presidente da ACNUT (Associação Cabo-verdiana de Nutricionistas);  2) “Abordagem da nutrição no âmbito do IDNT”, que ficou à responsabilidade da Dra. Irina Spencer (coordenadora nacional de Nutrição); 3) “A importância do exercício físico em tempos de pandemia”, a cargo de Dulcídio Ferreira, fisioterapeuta.

Às 16 horas, aconteceu o painel, “A (Re)Afirmação da Mulher no Mercado de Trabalho”, em que foram discutidos os seguintes pontos: “A (re)afirmação da mulher no mercado de trabalho” e “Testemunhos de mulheres empreendedoras dos PALOP”. Com os testemunhos de: Ayssusamira Pinto sobre “Corpos e Aromas” (São Tomé e Príncipe); Elisete Varela sobre “Lanches da Cidade” (Cabo Verde); Leila e Liliana Carvalho sobre “A Cesta” (Cabo Verde); Susete Lopes sobre “SL Eventos e Produções” (Guiné-Bissau); Elima Cabata sobre “Elinvete, Lda.” (Angola).

E, para encerrar o segundo dia da Semana Académica US, foram discutidos e analisados os seguintes temas: “A ética e o comportamento ético: uma nova visão”, pelo Dr. António Baptista de Pina Tavares (economista/consultor económico, financeiro e organizacional/presidente da Fundação Pensamento Positivo e Universal);

 “Perfil e exigências do mercado de trabalho”, pelo Liver Gomes, diretor do Centro de Emprego e Formação Profissional de Santa Cruz e, por último e não menos importante, “A língua portuguesa no mundo: uma língua una e homogênea – uma análise do imaginário da língua portuguesa”, à responsabilidade da oradora Mariana Ribeiro.

 

 

Jair Furtado