Universidade de Santiago e Instituto Politécnico de Santarém lançam projeto “Inovação Digital CV”

No âmbito do seu plano de atividades, a Universidade de Santiago (US), em parceria com o Instituto Politécnico de Santarém (IPS), vai implementar o projeto “Inovação Digital CV”, que pretende, ligando a academia e os outros subsistemas de ensino, desenvolver a literacia digital nos agrupamentos de escolas da ilha de Santiago, em Cabo Verde.

O projeto “Inovação Digital CV” tem o objetivo de capacitar com competências digitais os docentes dos agrupamentos de escolas da ilha de Santiago, em Cabo Verde, criar e lançar a página web dos agrupamentos, promover a utilização dos sistemas de gestão de aprendizagem nos agrupamentos, bem como desenvolver competências para a cidadania digital no corpo docente e nos estudantes.

A abertura oficial do projeto decorreu, esta quinta-feira, 08 de abril, e contou com a presença do Reitor da Universidade de Santiago, Professor Doutor Gabriel Fernandes, e do Presidente do Instituto Politécnico de Santarém, Professor Doutor João Moutão.

Após o discurso de abertura proferido pelo Reitor da Universidade de Santiago e pelo Presidente do Instituto Politécnico, o professor João Samartinho falou da participação do IPS no projeto e da parceria entre a US e o IPS. Por seu turno, o professor Luís Rodrigues, na qualidade de Chefe do Departamento de Ciências da Educação, Filosofia e Letras, mostrou a sua satisfação pela iniciativa do projeto e falou da participação da US apresentando os parceiros locais.

Este projeto levará a cabo a formação dos docentes dos ensinos básico e secundário de 4 agrupamentos de escolas da ilha de Santiago, em Cabo Verde. Portanto, os representantes dos agrupamentos falaram um pouco dos seus engajamentos e do compromisso com o projeto.

 A seguir, foi a vez da apresentação do projeto pela Cristina Novo, Ana Torres e Marisa Lopes.

A formação será ministrada nas seguintes áreas, “Conceção e Publicação de Páginas Web” e “Sistema de Gestão de Aprendizagem e Cidadania “Digital”. Terá como público alvo docentes de informática, dirigentes de agrupamentos e coordenadores de ciclos.

Todos elogiaram o grande projeto que será muito benéfico, tanto para os agrupamentos, como para os parceiros envolvidos.

De referir que a formação terá início no dia 14 de abril de 2021.

 

Andreia Pereira