Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Empreendedorismo: uma visão estratégica para a sustentabilidade das organizações

images/emp.JPGFoi com este tema que o professor doutor Mário Carvalho, do  Instituto Politécnico de Leiria, partilhou algumas visões do mundo organizacional com a comunidade académica da Universidade de Santiago, ontem, 23 de janeiro, no Campus de Bolanha, organizado pelo Departamento de Ciências Económicas e Empresariais.

Carvalho começou por falar do que é ser empreendedor, explicando que (para isso) a pessoa ou organização tem que ter um horizonte bem definido, de forma a evitar o fracasso. E, para explicar o empreendedorismo, debruçou-se sobre definições de um autor bem conhecido nas áreas de economia e gestão, Peter Drucker, quando diz que hoje observamos “uma viragem da economia de gestão de empresas e instituições para uma economia empreendedora…”. Segundo o conferencista, o empreendedorismo é tudo aquilo que temos ou devemos ter dentro de nós, independentemente de trabalharmos por conta própria ou para terceiros. “É ir para além daquilo que está visível na nossa frente, é ter a capacidade de criar, inventar, inovar, quer seja na família ou no trabalho. Construir, criar algo, mesmo que não tenha nada a ver com o aspeto económico”.

Nesta óptica de empreendedorismo, apresentou à plateia algumas características do perfil de um individuo empreendedor, apontando a curiosidade, criatividade, organização e o conhecimento como sendo algumas das principais características. Entretanto, segundo Carvalho, não basta ter estas características para considerar-se um empreendedor e criar uma empresa, confiante de que não vai haver fracasso. “Não. É preciso levar em conta os princípios da sustentabilidade. No caso de Cabo Verde, as empresas têm de apostar naquilo que mais têm: o potencial humano. Pois, sabemos que o país tem poucas riquezas, que muitas vezes é castigado pela falta de chuva; mas possui o potencial humano, as riquezas naturais, como sol, mar e praia, para desenvolver projetos sustentáveis, ambientalmente”.

Levando em conta estas características, a empresa ou organização vai empregar mais pessoas, melhorando assim a sua imagem, contribuindo com a melhoria das condições ambientais, entre outros benefícios, para o país e a empresa em si.

Carvalho desafiou a plateia, pedindo-lhe que cada um pensasse uma forma de ser “empreendedor de si mesmo, na área que melhor domina”, e, para terminar, convidou a todos a assistirem um pequeno vídeo: “El Caso Miravete de La Sierra”.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Newsletter

Cadastre o seu E-mail e receba as nossas novidades.

Contactos

Está em... Home Notícias e Eventos Empreendedorismo: uma visão estratégica para a sustentabilidade das organizações