Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Universidade de Santiago acolhe pela 2ª vez campanha de doação de sangue

O Hospital Regional de Santiago Norte (HRSN), em parceria com a Universidade de Santiago (US), acolheu, no dia 9 de janeiro, uma ação de sensibilização e de esclarecimentos sobre a doação de sangue, antecedendo a campanha de doação de sangue realizada esta quarta-feira, 10 de janeiro, no Campus de Bolanha, Assomada. O evento teve como lema “Doe Sangue Doe Vida”.

A campanha de doação de sangue ultrapassou as expetativas da equipa do HRSN, relativamente à meta prevista. “Conseguimos atingir o nosso objetivo que era de levar para o hospital 30 unidades de sangue. Até terminámos antes da hora estipulada, porque houve uma grande adesão.” – Assegurou o responsável técnico do Banco de Sangue do HRSN, Carlos Martins.

Embora haja mais necessidade de sensibilizar, o movimento de hoje reflete o nível de sensibilização e compreensão das pessoas relativamente a este ato muito importante. “Houve uma boa mobilização dos alunos, sobretudo dos da área da Saúde”. Entretanto, Martins apela para mais engajamento das pessoas das outras áreas. “É a questão de amor ao próximo e de ajudar as pessoas sem as conhecer.”

A Universidade tem um público-alvo “que está numa óptima faixa para a doação de sangue: pessoas jovens, saudáveis e que estão na idade entre os 18 e 65 anos, que a nossa legislação prevê.” – Adiantou o técnico.

 “É um ato de amor. Hoje eu dei sangue, porque sei que estou a salvar uma vida! Quem sabe se não será de uma minha família ou um amigo?”. – Afirmou João Dias, aluno do 2º ano do curso de Direito. “Aconselho a todas as pessoas de qualquer parte do mundo a fazerem a doação, porque alguém estará a precisar, e quem sabe se um dia nós mesmos não iremos precisar!”

Silvano da Moura, bibliotecário da US, também foi um dos doadores. “Eu fui dar sangue, porque eu acho que dar sangue é salvar vida. E, há três anos, a minha avó estava a necessitar de sangue e não encontrava um doador, até que a minha irmã encontrou um, na base militar. Isto levou-me a consciencializar. Eu acho que é um ganho para mim e para o próximo, dando sangue e salvando vida. Embora eu não saiba quem irei salvar, o importante é que eu fiz a minha parte.” Por isso, Moura deixa um apelo: “Devemo-nos consciencializar e dar sangue, porque precisamos sempre de abastecer o nosso Banco de Sangue, para que os necessitados o encontrem lá.”

De salientar que esta é a segunda vez que a US recebe esta campanha de doação de sangue. Embora o HRSN já tenha estado noutras instituições para esta campanha, na Região Santiago Norte, a US é o ponto forte.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

Newsletter

Cadastre o seu E-mail e receba as nossas novidades.

Contactos

Está em... Home Notícias e Eventos Universidade de Santiago acolhe pela 2ª vez campanha de doação de sangue